Falar sobre o ensino de matemática e de ciências naturais na atualidade é falar de desafios. Professores brasileiros do ensino infantil ao médio enfrentam no dia a dia a tarefa de motivar, inspirar e criar possibilidades de aprendizagem eficientes para seus estudantes.

Nesse sentido, é preciso desmistificar as disciplinas, que são importantes para o processo de compreensão e entendimento do mundo, principalmente diante do ritmo acelerado das evoluções tecnológicas.

Mito 1: Apenas pessoas inteligentes são capazes de aprender.

Entendemos a inteligência como flexível, incremental e multidimensional. Isso significa que nossa inteligência se molda de acordo com as experiências vivemos e ela se desenvolve ao longo do tempo, conforme estudamos e aprendemos novas habilidades e conhecimentos. Além disso, não faz muito sentido falar em apenas um tipo de inteligência. Por isso, ela é multidimensional, ou seja, existem muitas formas de inteligências.

A neurociência nos mostra que o cérebro muda o tempo todo e que ele pode criar novos caminhos para aprender qualquer disciplina. Ou seja, todas as pessoas são capazes de aprender ciências e matemática em alto nível.

Por isso, é preciso que docentes criem estratégias e metodologias pedagógicas de qualidade por meio de conteúdos acessíveis e progressivos.

Lembre-se: o erro faz parte e é muito importante e produtivo no processo de aprendizagem.

Mito 2: É só “decoreba” de fórmulas, nomes e classificações.

É muito comum a associação entre matemática, física e química a um amontoado de fórmulas e regras, quase sempre sem sentido. Assim como a associação entre a biologia a um amontado de nomes, definições e classificações.

Mas sabemos que isso não é verdade.

A matemática é uma ciência de reconhecimento de padrões e criação de modelos. E o fazer-matemático e o fazer-ciências são atividades que envolvem criatividade, flexibilidade, comunicação e colaboração.

Lembre-se: fórmulas são mais fáceis de entender do que decorar. Por isso, é preciso contextualizar as aulas e relacionar com o que aparece no dia a dia dos alunos.

Acreditamos que a educação da Matemática e das Ciências Naturais é um processo dinâmico e de permanente elaboração de conhecimentos que tem como função incluir os estudantes na sociedade como participantes ativos e cidadãos conscientes.

E para ajudar a sua prática docente, o Instituto Ânima está disponibilizando uma aula on-line sobre o assunto:

Webinar: Práticas de ensino e aprendizagem em matemática e ciências naturais.
Acompanhe uma discussão importante sobre os principais desafios e aprenda boas práticas de ensino e aprendizagem, tanto para aulas presenciais quanto on-line.

Aprimore a sua aula hoje mesmo clicando aqui.